Ecossistema colaborativo abre portas para parcerias e novos negócios Empreendedores individuais, trabalhadores autônomos e li...

0Comentários



Ecossistema colaborativo abre portas para parcerias e novos negócios


Empreendedores individuais, trabalhadores autônomos e liberais não têm resistido aos benefícios de trabalhar dentro de um coworking. A redução de custos, a flexibilidade na contratação/cancelamento dos serviços, e o desenvolvimento de uma rede de contatos são algumas das dezenas de vantagens que tem levado profissionais das mais variadas áreas a aderirem aos ambientes compartilhados.
Se antes, se instalar em lugares assim era vergonhoso, “hoje é sinônimo de inteligência. Você vai produzir mais, gastar menos e ainda fazer networking”, explica Saulo Da Rós, CEO da SMART Escritórios Inteligentes.
Conheça cinco profissões que estão tomando conta destes espaços:

1. Advogados
Os serviços de atendimento personalizado, gestão de correspondências e gerenciamento de agenda têm atraído cada vez mais advogados para os escritórios virtuais. Além disso, a possibilidade de receber clientes para reuniões em salas privativas com toda a infraestrutura de um escritório de alto padrão, a um custo cobrado só quando necessário, é outro atrativo para a categoria.

2. Arquitetos
Visitar obras, atender clientes, desenhar projetos. Se dividir entre tantas tarefas às vezes dificulta a gestão de um escritório comercial, por isso os arquitetos tem visto nos espaços de coworking a possibilidade de não terem que se preocupar com toda a trabalheira que um ambiente particular gera.

3. Contadores
Quem nunca precisou de uma mãozinha na hora de declarar o imposto de renda que atire a primeira pedra.
O contator é o profissional responsável por cuidar de toda a parte financeira, econômica e patrimonial das empresas. Logo, este é sem sombra de dúvidas o que mais pode se beneficiar dos escritórios virtuais, verdadeiras fontes de clientes.

4. Empreendedor Digital
A popularização da internet abriu caminhos para um novo modelo de comercialização de bens e serviços. Hoje é possível comprar qualquer produto sem ter que sair de casa. Os escritórios compartilhados são a opção ideal para os empreendedores digitais, que podem fazer parcerias, conhecer fornecedores e até mesmo clientes.

5. Jornalistas
Devido a convergência midiática, as redações das revistas, jornais, emissoras de rádio e TV tem ficado cada vez mais enxutas. Com isso, o número de jornalistas freelancers ou realizando assessoria de imprensa tem crescido muito nos últimos anos. Isso sem contar os que optam por criar projetos editoriais independentes.
A flexibilidade dos ambientes compartilhados e o ecossistema colaborativo permite a estes profissionais a realização das atividades jornalísticas, bem como a prospecção de novos clientes.

Sobre a SMART
A SMART Escritórios Inteligentes foi fundada em 2014. Com unidades na W3 Sul e W3 Norte em Brasília, e em Teresina (PI), a marca traz soluções flexíveis e inovadoras para os empresários, com estrutura para atender empreendimentos de todos os portes, profissionais liberais e autônomos em regime de home office. Serviços personalizados de acordo com suas necessidades, com contratos avulsos ou fixos. Os principais serviços oferecidos são: escritório virtual; endereço fiscal para o registro de empresas; locação de salas executivas, de reuniões e treinamentos; atendimento telefônico e outros. Informações: https://www.smartei.com.br/

Atendimento a Imprensa
Guilherme Vicente
(61) 9.8339-2593




Leia Também

Nenhum comentário: